“Deixa-os envelhecer com o mesmo amor que eles te deixaram crescer… Deixa-os falar e contar

“Deixa-os envelhecer com o mesmo amor que eles te deixaram crescer…
Deixa-os falar e contar repetidamente as histórias com a mesma paciência e interesse que eles escutaram as tuas quando eras criança…
Deixa-os vencer, como tantas vezes eles te deixaram ganhar…
Deixa-os conviver com os seus amigos, conversar com os seus netos…
Deixa-os viver entre os objetos que os acompanharam ao longo do tempo para não sentirem que lhes arrancas pedaços das suas vidas…
Deixa-os enganarem-se, como tantas vezes tu te enganaste…
DEIXA-OS VIVER e procura fazê-los felizes na última parte do caminho que lhes falta percorrer, do mesmo modo que eles te deram a mão quando iniciavas o teu.”
– Autoria Desconhecida

Fraternidade do Amor, um compromisso de todos!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para cima